Sibylle Badstübner-Gröger. Objekte und Drucke. Publicado no folder da exposição na Alemanha – 1993

Os objetos de Luiz Hermano com base em séculos de idade, técnicas artesanais tradicionais de arte popular ou não derivados deles. O corpo leve de transparência Metalldrãhten feito de Holzrinden- ou gengiva e de materiais naturais, travar ou ficar ais estruturas complicadas no espaço. Os fios ou flexível Holzspãne incluir e descrever a forma, o espaço eo espaço como linhas gráficas. Por combinação astuta e interação, através de itens de rotação e penetração unzãhliger ou até mesmo um único cinto longo do couro são o tempo, a concentração, mas antes AlieM o amor do artista a sua obra, para a cultura de seu país e da natureza que o inspirou, nestas fantasias foram incorporadas. Memórias e associações com as formas de arte da natureza, conchas e favos de mel para Schneckenhãuser e casulos de animais marinhos, teias de aranha ou flores de cristal – ou Zellstruturen, mas também para etnográfico Gegenstãnde como cestos e esteiras, gaiolas e reservatório estão despertos e podem Formas arquitetônicas ser, portões, arco, santuários, catedrais transformado. Em uma era altamente técnico Hermano recorre a técnicas artesanais antigas, descreve formas da natureza e as combina em um sentido literal para uma forma de forma artística e fantástico, uma “escultura” do presente. A manipulação aparentemente lúdico do material não permite aleatoriedade, Segregar segue um pensamento logicamente planejamento. Apesar forma graciosa dos objetos atingir tamanhos de 140-230 cm.

As mesmas formações fascinantes ocorrem em sua pintura, desenho e elementos gráficos, muitas vezes combinados com personagens humorísticos. Lá eles têm o efeito de desenhos técnicos para os objetos de história natural ou imagens de um mundo tropical desconhecida.

Desde 1979, Luiz Hermano é representada em todas as grandes exposições de arte brasileira no país e no exterior, inclusive na Bienal de São Paulo. Exposições individuais de seu trabalho em 1984, na França, 1987 nos Estados Unidos e agora, em 1993, na Alemanha.